quarta-feira, 13 de agosto de 2008

NEM NÓS QEREMOS ESQUECER O CABRUM




Texto de Baptista Bastos DN ONLINE

Caro Baptista Bastos, esteja descansado que nós ainda não o esquecemos. Aliás, nem nos deixam, por um motivo ou por outro.
VADE RETRO, SATANÁS!





Imagem daqui

2 comentários:

Moriae disse...

Essa Inês de Medeiros, com todo o respeito a todas as Ineses, é uma idiota ... Calha bem enaltecer o querido S. agora que anda tudo burro ... ainda hoje ouvi que foi 'com agrado o governo ouviu a ideia de se fazer uma base de dados com os elementos considerados negros na vida nocturna ....' ...é só um detalhe ...

Outro aspecto interessante do texto de B. Bastos: "Brice Parain [Sur la Dialectique] faz, aqui, todo o sentido: "Somos sempre responsáveis, mesmo por um mundo que não quisemos.""

Essa bateu-me ... e no fundo, ainda reforça mais a minha maneira de ser. Luto contra todas as injustiças e podridões destes mundo e seus habitantes ... Tenho perdido imenso por ser assim mas pelo menos, consciência tranquila e poucos telhados de vidro (ou nenhum).

Bjos amiga!

Hurtiga disse...

Moriae

desde que li e amei ler Vergílio Ferreira também passei a ter consciência da responsabilidade que nos cabe a cada um de nós neste mundo do non-sense...

abraço