quinta-feira, 22 de outubro de 2009

EI-LA QUE PARTE


Está na hora do adeus
Pr'a grandes júbilos meus
Ei-la que parte
Vai p'ra Marte
Ei-la que parte
Ei-la que parte.
Tudo tem princípio e fim
Não deixas saudades em mim
Ei-la que parte
Vai catar-te
Ei-la que parte
Ei-la que parte.
Nunca de ti eu gostei
Sempre o manifestei
Ei-la que parte
Dest'arte
Ei-la que parte
Ei-la que parte.
Desinfectem o gabinete
Com lixívia e sabonete
Daquela que parte
Dest' arte
E vai pr'a Marte
E vai pr'a Marte.
Que não fique nem um grão de pó
Limpem sem piedade nem dó
Da que parte
Dest'arte
E vai pr'a Marte
E vai pr'a Marte.
Aqui te deixo um foguetão
Eu to entrego em mão
És a que parte
Dest'arte
Mete-o em qualquer parte
E abala lá pr'a Marte!

1 comentário: